15 novembro 2008

Britânica pede divórcio após descobrir traição no Second Life

A britânica Amy Taylor, 28, pediu divórcio do marido David Pollar, 40, após flagrá-lo duas vezes em "atos sexuais" no site de realidade virtual Second Life. O programa on-line permite que os jogadores criem personagens virtuais (avatares), que podem se socializar, manter relacionamentos e até adquirir bens usando uma moeda virtual.

O casamento real durou três anos --eles se conheceram em uma sala de bate-papo em 2003. O casal realizou uma cerimônia na vida real e também em um cenário tropical no próprio Second Life.

Taylor sempre teve suspeitas de infidelidade de Pollar na realidade virtual e chegou a contratar um detetive para investigar o avatar do marido, que tinha o codinome de Dave Barmy.

"Ele confessou que ele conversou com uma mulher virtual dos Estados Unidos por uma ou duas semanas, disse que o nosso casamento tinha acabado e não me amava mais", disse Taylor, que pediu o divórcio no dia seguinte.

A advogada de Taylor não ficou surpresa com a situação, pois é o segundo caso de divórcio envolvendo o Second Life em que trabalha nesta semana.


Reprodução
Second Life permite que pessoas reais criem vida dentro da realidade virtual
Second Life permite que pessoas reais criem personagens dentro da realidade virtual

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem Vindo Ao VemPC...
Oque Você Achou desse post?

Search